Higiene bucal 5 fatos que você precisa saber

Passos fundamentais para uma higiene ficar completa

Muitas vezes a higiene bucal é feita de forma mecânica e isso pode fazer com que cuidados importantes passem desapercebido. Por isso listamos 5 fatos sobre higiene bucal que fazem a diferença na saúde de sua boca.

 

1 – A ESCOVAÇÃO INCORRETA PODE PREJUDICAR SUA GENGIVA

Uma escovação realizada com muita força, pode ferir a gengiva e até causar sangramento. É importante investir em uma escova com cerdas macias e escovar os dentes usando movimentos leves sem pressionar demais as sobre a gengiva.

 

2 – NÃO É PRECISO MUITO CREME DENTAL PARA ESCOVAR OS DENTES

Os comerciais de creme de dental apresentam sempre uma escova de dentes coberta por uma boa cama de creme dental, mas essa não é a quantidade necessária de produto que deve ser aplicada. Para a escovação adulta os dentistas recomendam usar a medida do tamanho de um grão de ervilha.

 

3 –  NÃO PALITAR OS DENTES

Muitas pessoas têm o habito de usar o palito para retirar restos de alimentos que acabam ficando entre os dentes. Mas esse hábito pode prejudicar a saúde bucal, ferir a gengiva e as vezes até chegando a lesiona-la. Além disso, por não ser de material esterilizado, o palito ainda leva microrganismos para a boca, o que pode acabar inflamando alguma lesão já existente. Para uma limpeza interdental eficaz, o indicado é sempre usar o fio dental.

 

4 – ROER AS UNHAS

Roer as unhas é um hábito que faz parte da vida de muitas pessoas. Essa prática além de fazer mal a saúde das mãos, prejudica também a saúde bucal pois desgasta os dentes e traz  para boca uma série de germes que ficam embaixo das unhas.

 

5 – IR AO DENTISTA PELO MENOS A CADA SEIS MESES

A frequência indicada para ir ao dentista pode variar de acordo com a saúde bucal de cada um. Se você estiver passando por um tratamento, por exemplo, esse período será encurtado. O ideal é criar junto com seu dentista um calendário de consultas. Só não deixe esse compromisso com a saúde bucal para depois: seis meses é o tempo máximo que se pode ficar sem visitar o dentista.

 



NOVIDADES RELACIONADAS

Fique por dentro das últimas novidades e lançamentos de produtos

preloader